Cedro lança coleção 01/2010

Depois das maratonas das principais semanas de moda do Brasil, no Rio de Janeiro e em São Paulo, que apresentaram ao público as tendências para o inverno 2009, a Cedro antecipa e lança a sua coleção verão 2010. O novo book 01/2010 já está sendo apresentado pela equipe de marketing ao mercado e, no mês de fevereiro, será disponibilizado um hotsite exclusivo. A estreia acontece na edição 2009 da Colombiatex, de 27 a 29 de fevereiro.
Para elaborar a coleção, a Cedro buscou informações através de uma consultoria internacional exclusiva, que embasou o seu trabalho em pesquisas de comportamento nos principais pólos de moda do mundo, como Japão e Europa. A gerente de Marketing Moda, Cássia Silveira, conta que o mix de produtos que será apresentado na feira traz cores e pesos voltados para o verão, com destaque para o crescimento dos tecidos stretch. Ela ainda antecipa que a Cedro resolveu trabalhar um book enxuto, porém versátil e assertivo. “As confecções querem versatilidade, com múltiplas possibilidades de tingimentos e acabamentos. Temos tecidos que possibilitam aspectos visuais tão diversos, que nem parecem se tratar do mesmo artigo”, afirma.

Tendências
A partir das pesquisas de comportamento, feitas em conjunto com a consultoria internacional, foram estabelecidas duas macrotendências para direcionar a nova coleção: Cosmopolitan e Art’s Cool. Na primeira vertente, o conceito é inspirado no ambiente urbano, em seus espaços arquitetônicos e seus habitantes segmentados em “tribos”. A arquitetura representa os cenários da realidade das cidades, construindo um universo de relacionamentos em constante adaptação. Já as tribos urbanas – como os neo-punks, os góticos e os adeptos do hip-hop – representam a diversidade e a busca constante pela identidade. A moda traduz esses conceitos com destaque para o vintage, mesclado ao esportivo, valorizando, acima de tudo, o conforto e o bem-estar.
Nesse princípio, a lavanderia do denim ressalta os desgastes naturais, com menos elementos decorativos, valorizando os fundos escuros, os tons de azul retrô, os acabamentos encerados e brilhos molhados. Há uma dose de excentricidade, com a utilização de metais nos acabamentos – influência do estilo punk -, bolsos diferenciados e cores de linhas diferentes.
Para Cássia Silveira, o destaque vai para as tonalidades medianas do denim, como o lançamento Cedroflat Bankok, cujo azul retrô remete aos anos 70. O potencial de 20% de stretch garante conforto ao tecido. Cedroblue Cairo e Cedroblue Porto são exemplos de tonalidades índigo mais claras. Os tons black e cinza também ganham espaço na coleção com os lançamentos Cedroflat Durban e Cedroblack Sahara, que têm como diferencial o brilho, e são ideais para calças e bermudas masculinas e femininas, jaquetas masculinas e coletes femininos.
O desgaste vintage natural também é apontado como destaque da tendência Cosmopolitan. Além dos já conhecidos Cedroflat York e Cedroblue Linz, a Cedro apresenta o Cedroblue Fargo, que possui aspecto rústico e um tingimento azul valorizado através de uma resina especial. E para fechar esse grupo de lançamentos, a empresa traz o Cedroeclipse Stretch, uma sarja 2×1 com efeito ring, que proporciona um visual de denim a um tecido colorido.
Na outra via de desenvolvimento da coleção verão 2010, Art’s Cool, a ideia é valorizar a liberdade artística das décadas de 50 e 60, seja com as inspirações do rock, dos hippies ou das formas exageradas das artes plásticas. São infinitas as possibilidades de aplicação de texturas, cross, rajados ou rings. Em relação às cores, o vermelho é renovado pelo bordeaux, os tons de coral dão um toque ousado à palheta, o azul claro e o índigo intenso resgatam movimentos culturais como o Flower Power e as cores explosivas presentes na arte muralista de Basquiat ganham especial importância como elemento atual.
Para representar essas referências, as formas variam entre bombachas, bocas de sino e saruel, sempre com as cinturas no lugar ou ligeiramente acima. A lavanderia reproduz aspectos sujos e empoeirados, tie-dyes e azuis intensos. Os rasgos, puídos e patchworks também aparecem para afirmar o caráter “reciclável” do denim. Os detalhes tendem para cobres envelhecidos, alfinetes, pedrarias foscas e couro.
Com tecidos mais leves, próprios para a estação mais quente do ano, este segmento apresenta como lançamento o Cedropaper Stretch, o Cedroflat Niágara e o Cedrofractal. O Cedropaper Stretch, como o próprio nome faz referência, possui toque empapelado, proporcionado pelo fio penteado e pela alta densidade do artigo, além do conforto do elastano. O Cedroflat Niágara é um índigo com tingimento baby blue e acabamento flat. Sua estrutura broken garante textura a seu aspecto visual. Já o Cedrofractal possui estrutura rip stop com o diferencial do toque, que é suave e macio. Ele também atende à tendência de moda das estruturas texturizadas.
FONTE: ETC Comunicação

Esta entrada foi publicada em Moda, Nacional. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s