Pilotos do Transparaná partem de Cianorte rumo a Apucarana

Dezenas de pilotos de rali e jipeiros de vários Estados – entre os quais alguns campeões renomados – iniciaram na última segunda-feira o Transparaná. Os competidores partiram de Guaíra, no Oeste do Paraná, rumo a Curitiba, cortando o Estado por estradas rurais e trilhas no meio da mata. Sem nenhum prêmio em dinheiro, é apenas a emoção, a aventura e o desejo de vitória que reúne cada vez mais participantes e faz do Raid Transparaná um sucesso nacional.
A 15ª edição que começou na segunda reuniu mais de 70 equipes, que percorrerão ao logo de todo o percurso cerca de 1.300 quilômetros de muita adrenalina, passando por algumas das principais cidades do Estado.
Segundo a coordenadora do raid, Sali Vercesi – a Tida- a participação neste ano está superando os anos anteriores.
Entre os participantes estão os melhores competidores de provas de regularidade do país – de Estados como Minas Gerais, Paraná, Rio Grande do Sul, Rondônia, Rio de Janeiro e Mato Grosso –, entre os quais muitos campeões de provas expressivas, como o Rali dos Sertões.
Os pilotos das equipes também preferem Guaíra para a largada, que já ocorreu em Londrina, Foz do Iguaçu, Maringá, Jacarezinho e até Curitiba. “Quando pensamos em mudar o local de partida, muitos pilotos reclamam. Eles gostam da tranquilidade de Guaíra, e também dos atrativos regionais, como o rio Paraná e o vizinho Paraguai”, comentou João Carlos de Alvarenga, do Jeep Club de Curitiba – entidade organizadora do raid.
A primeira etapa terminou na tarde de ontem quando os pilotos chegaram em Cianorte. E hoje pela manhã já foi dada a largada da segunda etapa que vai até Apucarana. Depois os jipeiros ainda percorrerão os municípios de Telemaco Borba e Castro, antes de chegarem a Curitiba.
Segundo os organizadores em Apucarana os pilotos vão passar por uma grande festa, organizada pelos jipeiros locais, dentro das comemorações do aniversário da cidade.
As equipes estão divididas nas categorias Máster, Sênior, Júnior, Jeep e a estreante Adventure, que é a novidade deste ano. Cada equipe é composta por piloto, navegador e mecânico, além da equipe de apoio que inclui até cozinheiro.
A competição também tem a parceria da Força Verde (polícia ambiental) e autorização do Instituto Ambiental do Paraná (IAP), que fez uma vistoria por todo o percurso, juntamente com os organizadores. “Nós não agredimos o meio ambiente. Pelo contrário, o raid é uma forma de contemplação da natureza”, acrescentou Alvarenga. O Jeep Clube de Curitiba é presidido atualmente por Luiz Antônio Bernardi. Tida será a próxima presidente, a partir deste ano.
Esta entrada foi publicada em Cianorte, Esporte, Estadual. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s