Vila Izabel inicia projeto de desenvolvimento

A comunidade da Vila Izabel, em Curitiba, deu início no último sábado (27) ao Projeto de Desenvolvimento das Cidades do Paraná. Reunidos na Escola Superior da Polícia Civil, os moradores sonharam com várias mudanças para o local durante o Seminário Visão de Futuro, umas das etapas de implantação do projeto coordenado pela Rede de Participação Política – iniciativa apartidária da Federação das Indústrias do Estado do Paraná (Fiep) e do Serviço Social da Indústria (Sesi) em parceria com a Federação das Associações Comerciais e Empresariais (Faciap).

No encontro, os moradores imaginaram como desejam o bairro num horizonte de dez anos. Com o olhar no futuro, a comunidade sonhou com uma biblioteca com acesso à internet, um centro de reabilitação, uma creche, entre outras melhorias.
De acordo com o coordenador da Rede de Participação Política, José Marinho, o objetivo da proposta é fazer com que as pessoas trabalhem juntas para melhorar o local onde moram. “São os moradores que conhecem os problemas e as necessidades do bairro, podendo atuar em busca do que precisam. O objetivo é formar uma rede de pessoas”, explica Marinho.
A ideia é mobilizar pelo menos 1% da população e lideranças do bairro para elaborar um plano e uma agenda de ações que possa ser realizada, seja através dos conhecimentos e habilidades de cada morador ou em parceria com empresários e poder público. “Tudo no bairro é responsabilidade nossa. É nossa responsabilidade cobrar e agir também. Bonito não é falar, mas agir”, destacou Décio Ferreira Brito, corretor de seguros e ex-presidente da extinta ASSOBEL (Associação dos Cidadãos da Vila Izabel).
Durante o seminário, os desejos mais citados foram a melhoria da segurança, maior conscientização ambiental e uma melhora na qualidade de vida da população. “Temos que preservar o verde e manter o que existe de bom no bairro. Além disso, se nós lutarmos pelos nossos pequenos, pelas nossas crianças, 2020 será muito melhor”, afirmou a professora Mara Budel. “Devemos lutar por segurança, mas também por uma educação não apenas regular, mas uma educação de verdade, que ensine para a vida”, reforçou José Ariston, morador do bairro há 17 anos.
Na próxima etapa do projeto, os moradores irão realizar o levantamento dos ativos e das necessidades da região, ou seja, aquilo que o que o bairro tem de bom e aquilo que mais precisa. O encontro está marcado para o dia 12 de abril, com horário a confirmar, na Escola Superior da Polícia Civil, localizada na Rua Tamoios, 1.200.
Quem tiver interesse em contribuir para o desenvolvimento da Vila Izabel pode entrar em contato com a agente de desenvolvimento local Lissia Chagas pelo telefone (41) 8844-6277 ou pelo e-mail lissia.chagas@sesipr.org.br.
Fonte: FIEP
Esta entrada foi publicada em Curitiba, Desenvolvimento, Estadual, FIEP, Geral, Vila Isabel. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s