Osmar Dias diz que instalação do TRF Paraná representa a democratização da Justiça

Na OAB Paraná, pré-candidato ao governo pelo PDT lançou desafio da criação da defensoria pública para aproximar a justiça dos cidadãos
O pré-candidato ao governo do Paraná pelo PDT, Osmar Dias, autor do substitutivo e relator, no Senado, da Proposta de Emenda Constitucional pela criação do Tribunal Regional Federal no Paraná afirmou nesta segunda-feira, 12, na sede da OAB, que a instalação do TRF no Estado representa a democratização da Justiça. 

Atualmente, o tribunal (TRF-4) tem sede em Porto Alegre e jurisdição nos Estados do Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná. 40% dos processos que tramitam no Tribunal Regional da 4ª Região são do Paraná, o equivalente a 500 mil processos.
Osmar, que foi o responsável por agilizar a aprovação no Senado da então PEC 29/2001 (que originou a PEC 544/02) defendeu a união de forças da sociedade organizada e da classe política para que a proposta seja aprovada na Câmara dos Deputados, após oito anos de espera. No ato público promovido pela OAB Paraná pela instalação do TRF 6ª. Região, em Curitiba, o líder pedetista frisou que “a criação deste tribunal levará a Justiça mais próxima dos cidadãos.” “Há oito anos esta PEC aguarda votação na Câmara Federal. Será uma conquista histórica para o nosso Estado se a proposta for aprovada ainda este ano. O que falta para a aprovação é mobilização, tal qual a que foi feita no Senado e esta liderada pela OAB Paraná, para que possamos realizar este sonho que não é apenas do Judiciário, Executivo e Legislativo, mas de todos os paranaenses que anseiam pela agilidade da Justiça”, destacou o líder pedetista.
A PEC original, proposta em 2001, pelo então senador Arlindo Porto, nasceu com a proposta da instalação dos TRFs para Minas e Paraná e foi ampliada para todo o País, a partir do substitutivo apresentado por Osmar Dias, que incluiu no processo a criação dos TRFs da Bahia e Amazonas. A força do substitutivo apresentado pelo líder pedetista acelerou a votação e a aprovação no Senado com o apoio dos parlamentares de todos os Estados. “No Senado consegui o apoio de todos os parlamentares nesta questão e a proposta foi aprovada em seis meses e remetida à Câmara. Naquela época eram 230 mil os processos paranaenses que estavam para ser julgados no TRF em Porto Alegre, hoje passam de 500 mil”, lembra o pré-candidato pedetista.
No ato público da OAB intitulado “Tribunal Regional Federal no Paraná – uma questão de Justiça”, Osmar lançou o desafio da criação da Defensoria Pública no Estado. “Está mais do que na hora de termos a Defensoria Pública em nosso Estado para garantir o direito à Justiça para todos os cidadãos. Deixo aqui esta proposta”, finalizou o pré-candidato do PDT ao governo do Paraná.
Fonte:Assessoria de Imprensa do Senador Osmar Dias
Esta entrada foi publicada em Estadual, Geral, Justiça, OAB, Osmar Dias, PEC. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s